domingo, 30 de agosto de 2009

A Crise, segundo Albert Einstein.


A Crise segundo Albert Einstein.

"Não podemos querer que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo. A crise é a maior benção que pode acontecer as pessoas e aos países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia assim como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem os inventos, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise se supera a si mesmo sem ter sido superado.
Quem atribui a crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais os problemas que as soluções. A verdadeira crise, é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a dificuldade para encontrar as saídas e as soluções. Sem crises não há desafíos, sem desafíos a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crises não há méritos. É na crise que aflora o melhor de cada um, porque sem crise todo vento é uma carícia. Falar da crise é promovê-la,e calar-se na crise é exaltar o conformismo. Em vez disto, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragedia de não querer lutar para supera-la."

3 comentários:

Anônimo disse...

Esse camarada aí, é o cara!

walkimar disse...

Excelente texto.Já gostava do autor, agora mais ainda.Realmente a crise vista com um novo olhar nos ajuda.
Vencemos os obstáculos e aprendemos a enfrentar as dificuldades, a usa-las a nosso favor. Que posso ganhar com essa experiência?Em que sentido posso melhorar?Mesmo que formos até o fundo do poço. Olho para cima, a saída não estar em olhar para baixo, mas para o alto. SEguir em frente, trabalhar para mudar a situação.
Parabéns.

Priscila Conte disse...

Olá Bethe, tudo bem? Te indiquei para receber o Selo de Reconhecimento de Blogs. Entra no meu e copia o selo ok? Precisa indicar mais 10 blogs. obrigada!

Mauro e seu aprendizado